Enquetes
Casais
Entrevistas
Família
Filmes
Homem
Mulher
Noivos
Pais
Pastores
Sexualidade
Solteiros/Divorciados
Teses
Documentos
Clipping
Ore por nós
Doe suas milhas
Igreja Parceira
Amigo da Família
Voluntários
Realize em sua igreja
Programas de Rádio
Cursos para pastores e líderes
Contatos
Fale Conosco

DIAMANTE DE SANGUE

Por: Psic. Elizabete Bifano
 

Todos a querem. Todos brigam por ela. Todos sujam as mãos de sangue. Cada um tem seus motivos... Por causa de uma rósea pedra, de estupendo valor.

Este é o tema central do envolvente filme "Diamante de Sangue" (EUA, 2006), tendo como pano de fundo o caos e a guerra civil que dominou Serra Leoa na década de 1990. Dirigido por Edward Zwick, reúne excelentes atores, como Leonardo Dicaprio no papel de Danny Archer e Djimon Hounsou no papel de Solomon Vandy.

Sem dúvida, um excelente filme, embora violento e cruel. Muitas cenas causam impacto e tristeza, sobretudo por sabermos o quanto tudo aquilo foi verdade e ainda o é, em muitos países.

É interessante observar a motivação, o interesse e o objetivo que move cada personagem. E os sentimentos que o tempo todo transparece também são merecedores de atenção.
Mais uma vez destacamos, e agora também neste filme, o quanto as histórias dos personagens se assemelham às histórias da vida real.

Mulheres que permitem que seu coração ame um homem frio e sem caráter. Homens que são tocados pelo amor de uma mulher ou que passam a compreender o próximo e sofrem uma mudança interior por causa disto. Ou ainda homens que são capazes de humilhar, matar, destruir pessoas e famílias por causa da ganância e do poder. Como também pessoas que ainda acreditam que vale a pena lutar por algo, como a verdade e a família. E também pessoas que sofrem ou morrem, mesmo inocentes, em meio às tantas guerras entre os homens.

Todas estas são histórias de pessoas. Pessoas ligadas a uma família. Famílias que sofrem por causa dessas pessoas. Tenho conhecido muitas pessoas assim, que causam dor à sua família. Homens que maltratam suas esposas e filhos. Filhos que se rebelam contra seus pais.

Mulheres e homens que praticamente abandonam seus filhos em prol de uma carreira e status e dinheiro. Pessoas que mentem e enganam.

Porém, além de tudo isto, quero ainda destacar a necessidade que o ser humano tem de relacionamento e o quanto as circunstâncias e os desejos podem unir caminhos de vidas tão distintas.

É o que acontece com Danny e Solomon, ambos africanos. Um mercenário e um pescador. Um branco e um negro. Um ganancioso e um simples. Um solteiro e livre e um marido e pai comprometido.

Homens de caráter e valores tão distintos, mas que se unem num mesmo objetivo, apesar de motivos diferentes, porque precisam um do outro.

Danny quer o diamante porque ele pode ser seu bilhete de saída da África e do ciclo de violência e corrupção no qual ele sempre havia se dedicado.

Solomon quer o diamante não só porque foi ele quem o achou, mas porque é o meio de salvar sua esposa e filhas de uma vida de refugiadas e seu filho do destino de ser um soldado infantil.

Trava-se então a luta entre a necessidade do dinheiro e a necessidade da família.
Qual sairá vencedor?

Voltar Enviar Imprimir

Newsletter

 
 

 

Copyright©2014 Click Família - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Grafus Comunicação