A linda família Baroncelli

20 de maio de 2019

baronQue a Itália é um lindo país, isso ninguém pode negar.

Quem não se impressiona com a beleza de Veneza, da Costa Amalfitana, dos campos floridos da Toscana, do lago de Garda, das construções centenárias das diversas cidades italianas e dos milhares cantinhos com seus toques especiais?

Em março, Deus nos abençoou com a oportunidade de passar 26 dias naquele país. Foi a minha segunda ida à Itália. A primeira, como cidadão italiano. Por ser bisneto de italiano, tive meu processo de cidadania italiana reconhecido pelo consulado do Rio de Janeiro há três anos.

Fizemos dessa viagem, eu e minha esposa Elizabete, acompanhados do querido casal amigo, Nilson e Alcyone Couto, uma celebração de minha aposentadoria e também para viver um pouco de perto a cultura italiana.

Mas, neste artigo, quero descrever algo maravilhoso que vimos na Toscana, mais precisamente na cidade de Pistoia.

Refiro-me à família Baroncelli.

Fui apresentado à família Baroncelli pelo pastor Riker, da Primeira Igreja Batista do Pará.

A família Baroncelli é composta por nove pessoas. O casal, Samuele e Érica, e sete filhos. A pergunta que todos fazem é: “são todos biológicos?”. A resposta é: “sim, todos biológicos”. “De um único casamento?” A resposta é: “Sim, todos de Samuele e Érica”. Francesco, Filippo, Olivia, Margherita, Costanza, Elisabetta e Caterina são crianças lindas. (Eu e Bete achamos que ainda virá, pelo menos, mais um).

Tivemos o privilégio de ficarmos hospedados no lar dos Baroncelli por quatro dias.

Quando chegamos, logo nos deparamos com uma mesa com centenas de roupinhas de meninas e de meninos. A quantidade que nos impressionou já estava lavada. Depois, outro impacto, foi ver as roupas que estavam para serem lavadas.

Todos trabalham, como uma equipe. Quando Érica está ocupada, Olivia, por exemplo, a filha mais velha, cuida da irmãzinha Caterina de três meses.

Os avós, pais de Samuele, tem uma participação abençoadora. O nonno (avô), Sr. Gualberto, leva as crianças para escola logo de manhã.

A nonna (avó), Dona Fioreta, de quando em quando surpreende o lar dos Baroncelli com deliciosos pratos que só uma mamma italiana sabe fazer.

Os avós maternos, e Elian e Fíbia Guimarães, moram no Brasil, são membros atuantes da PIB de Belém e ajudam a família também, com certeza, à distância.

As crianças são uns amores. Não presenciamos nenhuma atitude de pirraça ou desobediência. Todas elas dormem às oito e meia. Depois de dormirem, Samuele e Érica, juntos, arrumam o que precisa ser arrumado.

O lema da família “siamo chi siamo tutti insieme” (somos o que somos, todos juntos) é uma verdade no dia a dia da vida dos Baroncelli.

Érica, brasileira, com Samuele, italiano, são membros da Igreja Batista Evangélica de Florença. Casal profundamente comprometido com a fé evangélica e muito zelosos da doutrina batista. Além de serem atuantes na igreja, criaram o Ministério “Famiglie in Cristo” (Família em Cristo).

Na Toscana, além de Pisa, Florença e tantas outras cidades, há um belo lugar que é a casa dos Baroncelli. Não está aberta a visitação, mas se um dia Deus lhe abençoar em conhecer essa família, levante as mãos para os céus e agradeça.

Lá, como dizia Billy Graham, por ser um lar feliz, até a chaleira canta de alegria.

*****
Gilson Bifano
Escritor, palestrante e conferencista na área de casamento e família. Diretor do Ministério OIKOS.
oikos@ministeriooikos.org.br

Siga-o no instagram: @gilsonbifano

Share Button

Deixe seu Comentário

comentários