O namoro cristão

27 de março de 2018

namorO namoro é uma fase bastante importante na vida de um rapaz e uma moça e envolve responsabilidades e compromisso.

É o tempo de preparação, observação e ajustes da vida de solteiros para a vida de casados. Isso mesmo! Casados! O namoro deve ter sempre como objetivo o casamento, caso contrário, ele perde o propósito, uma vez que o namoro é um tempo para aprofundar o conhecimento um do outro, ajustar a comunicação entre o casal, ouvir a voz de Deus aprovando o relacionamento e analisar se quer mesmo passar o resto da vida ao lado daquela pessoa.

No namoro cristão, alguns princípios precisam ser respeitados para que o relacionamento seja agradável e harmonioso. São estes os princípios:

Adorar o mesmo Deus

Em toda a Palavra de Deus, de Gênesis a Apocalipse, encontramos esta verdade. Cristão deve se casar com uma cristã e vice e versa. Há muitos perigos em um relacionamento dividido espiritualmente. É tentar unir a luz com as trevas, ou a água com o óleo – impossível. A oração e a paciência são a chave para se obter este êxito. É preciso esperar com fé e paciência em Deus (2 Coríntios 6.14).

Colocar Deus em primeiro lugar

Deus é a figura central na vida do cristão. Tudo o que fazemos e pensamos deve estar centrado em Deus. Nunca coloque nada nem ninguém no lugar de Deus na sua vida (Mateus 22.37).

Colocar limites

O casal de namorados deve estabelecer limites bem claros para a conduta dos dois. A Bíblia não permite o sexo antes do casamento; portanto, os dois precisam manter controle na intimidade física no namoro (1 Tessalonicenses 4.3-7).

Conhecer o outro

Namoro é tempo de conhecer o jeito de ser do outro, os erros e os acertos. É tempo de conversar muito sobre si mesmos, sobre o futuro, tempo de conhecer e dar-se a conhecer. Benjamin Franklin disse: “Antes de casar-te, abre bem os olhos; depois de casar-te, fecha-os” (Eclesiastes 3.1-8).

Cuidar um do outro

Manter um bom padrão de respeito, sinceridade, lealdade e verdade de um para com o outro fará com que a pessoa que você ama se sinta segura e amada. Se esta prática existir no namoro, certamente existirá no casamento, mantendo o relacionamento sempre forte e saudável (Filipenses 2.3,4).

Fortalecer a amizade

A paixão é um sentimento arrebatador. Há quem se apaixone e não consiga nem alcançar um pouco da razão. Mas no dia que a paixão acabar, precisara da amizade como suporte para que o amor permaneça. Por isso é importante cultivar uma amizade sólida e bonita durante o namoro (Provérbios 17.17).

Concordo com Jared C. Wilson quando diz que “todos os seus relacionamentos, inclusive seu relacionamento de namoro, tem o propósito maior de trazer glória a Jesus do que trazer a você uma satisfação pessoal”.

Frutas verdes são ruins ao paladar, a maioria é intragável. Da mesma forma, um relacionamento imaturo, não trabalhado, egoísta e despreparado fica ruim de se aproveitar. Namoro é tempo de amadurecer o relacionamento para que ele fique gostoso, harmonioso, desejável.

Para você ter um namoro saudável, precisa buscar a direção no melhor e mais completo manual que existe – a Bíblia.

Manter o namoro cristão dentro dos princípios da Palavra de Deus e dos propósitos para o qual ele deve existir não é uma tarefa tão fácil.  Para tanto, é preciso que o casal convide Deus para fazer parte do namoro todos os dias, em todas as ocasiões e circunstâncias.

Que Deus aprove e abençoe seu namoro!

*********
Por: Psic. Elizabete Bifano

Share Button

Deixe seu Comentário

comentários