O Salmo da Covid-19

21 de abril de 2020

quadro-da-biblia-salmo-46-foil-cobre-ouro-rose-quadro-religiosoSe há um Salmo do qual vou me lembrar, nesta pandemia de 2020, da Covid-19, é o Salmo 46.

Numa manhã inteira dedicada ao louvor, leitura dos Salmos, oração e meditação, de todos os salmos lidos este foi o que mais me tocou e chamou a minha atenção.

Este Salmo marcou a história do cristianismo, pois serviu de inspiração para o hino “Castelo Forte”, composto por Lutero, também num período crítico, possivelmente na mesma época do cerco de Viena, em 1529.

A imagem que temos do Salmo 46 é de uma cidade sitiada por um exército estrangeiro.

Qual é o sentimentos que temos hoje? Não é de cerco também? Não estamos fechados em nossas casas e apartamentos com medo de um exército invisível que está lá fora, que não podemos ver, tocar, mas que todos nós tememos, que se chama Covid-19?

O quadro pintado pelo salmista é de catástrofe. De caos!

A realidade do salmista é de muita dificuldade. Antigamente, uma cidade sitiada experimentava grandes privações. A comida faltava rapidamente. Não era como hoje, que podemos pedir uma pizza por um aplicativo ou fazer as compras pela internet. Não havia WhatsApp para se comunicar com o mundo exterior.

O sentimento, dentro dos seus muros, era de total desesperança, temor e desânimo com o futuro.
Mas esse era o quadro pintado pelo salmista que ele via ao seu redor, mas no seu coração o quadro era outro.

O mundo ao seu redor podia estar um caos, mas o seu coração dizia: “Deus é o nosso refúgio e fortaleza”.

O mundo, na sua visão, podia virar de pernas para o ar (versos 2,3,6), mas sua confiança em Deus era inabalável.

Mesmo que as notícias eram somente de morte, havia no seu coração a esperança. Ele sabia que naquele momento estava experimentando uma noite escura da história, mas que essa noite passaria e o amanhecer seria uma realidade e que neste alvorecer Deus viria em seu auxílio (verso 5).

O salmista também nos ensina mais lições.

Havia no seu coração a certeza absoluta de que Deus é Senhor de todas as circunstâncias e que Ele, está bem perto dos seus filhos e podemos, a todo o momento, nos refugiar nele, pois é para aqueles que o buscam uma torre segura (verso 7).

O salmista ainda nos lembra que tudo tem início e fim dentro da permissibilidade de Deus (verso 9) e o que temos que fazer é tão somente nos aquietar ou parar de lutar e descansar em Deus (verso 10).

Se lermos com atenção o Salmo 46 podemos pensar que o salmista estava vivendo também em meio a uma pandemia, pois o mundo de sua época estava estremecido e em fúria, os povos atônitos e sem esperança.

Que nós, como filhos de Deus, também tenhamos a sabedoria do salmista de nos refugiarmos nele, confiarmos de que, por mais que a noite seja longa, o amanhecer vai chegar e neste amanhecer veremos Deus vindo ao nosso auxilio.

Que aproveitemos esse tempo para chamar as pessoas ao nosso redor para que contemplem as obras de Deus e os seus feitos (verso 8).

Nessa guerra contra o caos provocado por um vírus denominado de Covid-19, jamais nos esqueçamos de que o Senhor dos Exércitos está conosco e com nossa família e que somente Ele é a nossa torre segura (verso 11).
___
Por: Gilson Bifano
Diretor do Ministério OIKOS. Escritor e palestrante na área de família.
oikos@ministeriooikos.org.br
Siga-me no Instagram: @gilsonbifano

Dark Blue and Coral Hippie Illustration Father's Day Instagram Post (1)Participe de nossa causa que é defender e fortalecer as famílias. Seja um doador!
Suas ofertas serão aplicadas em nosso ministério em prol do fortalecimento de casamentos e famílias.
Clique aqui agora e faça sua doação on-line.
Obrigado!!!!!

Share Button

Deixe seu Comentário

comentários