O valor da Família

14 de maio de 2021

Design sem nome (1)Sou dos velhos e bons tempo da Rádio Relógio.

Para quem não é desse tempo, eu explico.

Não estou me referindo ao aparelho que se vende hoje nas lojas chamado rádio-relógio. Estou me referindo a emissora que, com aquela batidinha peculiar, informava (na voz de Marcos Batista, hoje pastor e conhecido meu),  a hora a cada minuto e nos intervalos dava uma informação curiosa, começando com a frase “você sabia…” e no final da sentença, repetia frase em forma de pergunta: “você sabia?”. A emissora pertencia à Igreja de Nova Vida.

Então, aproveitando esse momento nostálgico, quero revelar algumas coisas que talvez você não saiba sobre casamento, família, educação de filhos, sexualidade e algumas coisas mais.

Você sabia que pessoas que vivem em casamentos equilibrados e felizes estão menos propensas a contraírem doenças infecciosas. Isso se deve ao fato que em casamentos desgastantes o sistema imunológico se enfraquece, o mesmo não ocorre com casais que estão felizes em seus casamentos?

Você sabia que enfermos que recebem mais atenção de seus familiares, enquanto estão hospitalizados, se recuperam com mais rapidez em comparação com aqueles que não recebem atenção dos familiares?

Você sabia que crianças e adolescentes que almoçam ou jantar com seus pais têm menos possibilidade de se envolverem com drogas e gangs?

Você sabia que pessoas com depressão, que vivem em casamentos ajustados, respondem melhor ao tratamento do que pessoas solteiras?

Você sabia que pessoas casadas têm uma vida sexual melhor e mais saudável do que as pessoas que mantém relações sexuais com vários parceiros?

Você sabia que crianças que almoçam ou jantam com os pais, ao redor da mesa, sem interrupções ou aparelhos de televisão ligados, são mais nutridas e tendem a comer verduras e legumes?

Você sabia que o divórcio está na escala de 0 a 110, em segundo lugar, com 73 pontos? Muitas vezes um divórcio pode desestabilizar mais emocionalmente uma pessoa do que a própria morte do cônjuge.

Você sabia que crianças que nascem e são criadas em um lar onde o casamento dos pais é ajustado, têm mais possibilidades de serem bem sucedidas na escola e na futura vida profissional?

Você sabia que transferir objetos, como um relógio de parede que pertenceu aos antepassados, para as gerações futuras, proporciona uma forte conexão familiar e é altamente benéfico para o fortalecimento  da  família?

Você sabia que visitar a sogra num domingo ensolarado e jogar dominó com os cunhados faz bem? Acredite. Faz bem principalmente à saúde das crianças e ao relacionamento entre pais e filhos.

Você sabia que crianças que participam de programas em família dormem mais cedo e acordam menos à noite. A razão dos benefícios é simples: elas sentem que estão tendo mais atenção dos pais e do restante da família.

Você sabia que pessoas que estão bem em família e no casamento têm menos possibilidade de se acidentarem no trabalho ou se envolverem em acidentes de trânsito?

Você sabia que meninas que têm um relacionamento saudável e amigo com os pais (gênero masculino) têm menos possibilidade de se engravidarem na adolescência?

Você sabia que quando um país tem famílias estruturadas há uma forte possibilidade de haver um crescimento significativo na área econômica?

Você sabia que quando a Nasa enviou homens à lua um dos requisitos era de que os astronautas tivessem um casamento e uma família forte?

Você sabia que 80% dos casamentos terminam, não por causa de uma infidelidade conjugal, mas devido a um distanciamento paulatino dos cônjuges?

Você sabia que comemorar, em família, datas como Natal, Páscoa e outros feriados é benéfico para o fortalecimento da família?

Você sabia…

*************

Por: Gilson Bifano

Share Button

Deixe seu Comentário

comentários