A um passo da escravidão em pornografia

9 de março de 2020

internet addictPor favor me ajude. Sou casado há doze anos e acho que estou pecando. Comecei a olhar sites de pornografia e desejo que minha esposa faça certas coisa que vejo nas fotos de casais. Sou evangélico e ela está afastada dos caminhos do Senhor. Embora ela não seja crente, não deseja que façamos nada que seja pecado. O que faço?

Caro WP

Sempre fico muito grato a Deus quando verificamos que pessoas, como você, sentem-se seguras em compartilhar suas dúvidas conosco. Mas ao mesmo tempo é uma grande responsabilidade que está em nossas mãos.

Com muita sinceridade, ao ler sua primeira frase, posso afirmar que você está com um pé na dependência de pornografia. Ser dependente de pornografia é como ser dependente de cocaína, por exemplo.

Uma pessoa dependente de pornografia se torna tão escrava da pornografia como uma pessoa que não deixar de consumir uma droga, seja ela qual for. O processo psicológico e neurológico é o mesmo.

Uma, das muitas coisas prejudiciais da pornografia, é desejar trazer para a vida sexual do casal as mesmas práticas ou fantasias que encontram nos filmes pornográficos. Deseja para trazer para a vida real algo que só existe no mundo pornográfico.

Como afirma a jornalista Pámela Paul no seu livro “Pornificados” (Editora Cultrix) onde estuda os impactos da pornografia na vida, nos relacionamentos e na família. A pornografia apresenta um sexo irreal, de ficção, onde as mulheres são sempre perfeitas, chegam fácil ao orgasmo, onde os cabelo dela nunca ficam preso sob os cotovelos dele, onde o homem trata a mulher como um objeto. Apresenta um sexo onde a mulher não tem vontade, apenas se submete aos caprichos masculinos e está ali tão somente para satisfazer suas fantasias, mesmas as mais absurdas. Apresenta um sexo onde não há preliminares, beijos, intimidade emocional e respeito pelo corpo da parceira.

O primeiro passo para você se afastar do precipício é reconhecer que é dependente de pornografia. Ao escrever para nós, você já está dando esse passo muito importante.

O segundo, é compartilhar com alguém de sua confiança essa sua dificuldade para que você preste contas a esse amigo.

Uma outra dica é instalar em seu computador sites de bloqueio de páginas que contenham pornografia.
Clique aqui e conheça alguns desses sites.

Quarto passo é colocar seu computador em um lugar que todos possam ver que página você esteja acessando. Ou permitir que sua esposa tenha acesso ao seu celular

A quinta dica é buscar ajuda psicológica de um profissional capacitado. Vício em pornografia está no mesmo nível das outras dependências.

Sexto, use a internet para abençoar sua vida. Conheça, por exemplo, o site https://sexxpure.com.br/

TUDO ISSO, com muitas oração e intimidade com Deus.

Lembre-se que a luta contra a pornografia é diária. Cada dia que você vive sem pornografia, como dizem os alcoólicos anônimos, é um dia limpo.

Deus deseja para você e para sua esposa uma beleza e prazer na vida sexual, não aquelas encontradas no mundo pornográfico, mas aquela registrada no livro de Cantares de Salomão. Nesse livro da Bíblia encontramos sim diretrizes seguras para um casal ser feliz na vida sexual sem pecados, sem culpas, onde marido e esposa respeitam, dialogam e proporcionam realização sexual um ao outro.

Recomendo que leia e medite, além de Cantares de Salomão, nos seguintes textos bíblicos: Provérbios 5.15-20; Eclesiastes 9.9; 1 Coríntios 7.1-7;1 Tessalonicenses 4.3-8 e Hebreus 13.4.

Deus o abençoe!

Pr. Gilson Bifano

_______
Se você deseja fazer alguma pergunta na área de família, casamento, criação de filhos, sexualidade, escreva um e-mail para oikos@ministeriooikos.org.br

Não determinaremos um tempo para as respostas às perguntas, mas responderemos na medida da nossa programação.

 

Share Button

Deixe seu Comentário

comentários