Os segredos das famílias eficazes – II

18 de julho de 2022

Design sem nomeNo artigo anterior, apropriando-se da ideia de Stephen Covey, sobre os Sete Hábitos das Famílias Muito Eficazes, abordado a importância da proatividade.

Ser proativo, como escrevemos, é agir com base em princípios e valores, em vez de reagir guiado pelas emoções ou circunstâncias.

O segundo hábito é começar com o objetivo na mente.

Para Covey, começar com o objetivo na mente consiste em cultivar uma missão, uma visão clara e impulsionadora para você e sua família.

Muitas empresas já descobriram o valor da formulação de uma declaração de missão. Uma declaração de missão faz lembrar sempre onde queremos, como família, desejamos chegar.

Um avião quando decola em qualquer aeroporto do mundo seus pilotos sabem exatamente onde querem chegar e já, de antemão, traçaram a rota.

Escrever a missão da família é como ter uma bússola sempre à mão.

Uma declaração de missão será valiosa, especialmente nos momentos de dúvida, de conflitos e incertezas. Como afirmamos, a mesma servirá como um bússola para apontar o caminho a seguir em tempo incertos.

Olhando para a Bíblia podemos deduzir que a missão de Josué não era, em primeiro lugar, levar o povo à terra prometida, mas que sua casa servisse ao Senhor (Js 24.15).

Uma declaração sempre lembrará aos membros da família que existe um alvo, uma meta, um aeroporto de chegada.

Lembrará que tudo o que é feito na família, há um alvo maior.

Para ilustrar essa ideia, lembramos da história dos três pedreiros.

Cada um deles estava fazendo algo diferente na obra. Uma pessoa passou perguntou ao primeiro: o que você está fazendo?. Ao que ele respondeu: Estou virando a massa. O segundo pedreiro respondeu: Eu estou assentando os tijolos. Mas o terceiro responde: Eu estou construindo uma catedral.

O terceiro pedreiro tinha uma visão mais nobre de sua missão.

Quando se tem, por escrito, uma declaração de missão, todos sabem que tipo de família quer ser, deseja ser lembrada e tudo o que faz, em família, tem esse objetivo.

Um declaração de missão deve ser sintética, motivadora, iniciada com um ou dois verbos de ação, no máximo. Todos os membros da família devem participar de sua elaboração e a redação final deve agradar a todos. Não caia no erro de escrever uma declaração e comunicar à sua família. A elaboração, como já afirmamos, deve ser de todos.

Exemplos de declaração de missão familiar: “Missão da nossa família: Amar, ajudar um ao outro, acreditar no outro. Amar a Deus juntos, para sempre”.

Outro exemplo: “Criar, por meio de relacionamentos saudáveis, um ambiente familiar que testemunhe de Cristo e seja um lar admirado por todos”.

Após a redação final da declaração de missão, a mesma poderá emoldurada e colocada num lugar visível a todos.

Covey afirma que a declaração de missão familiar se torna literalmente o DNA da vida em família.

Novamente olhando para a Bíblia, Deus escreveu uma missão para família de Abraão.

Está registrada em Gênesis 12.1,2. A missão dada por Deus à família de Abraão é para que fosse uma bênção.

Que também deve a missão de cada família cristã nos dias de hoje.

____

Por: Gilson Bifano

Share Button

Deixe seu Comentário

comentários