Dez conselhos grátis sobre o uso do dinheiro

21 de março de 2016

dinheiro-1Um dos grandes desafios da vida em família é saber lidar com o dinheiro. Se a família não souber fixar princípios no trato com o dinheiro com certeza terá problemas no casamento.

Alistamos, dentre muitos, 10 conselhos para se relacionar com esse tema muito importante para a vida conjugal

1 – Procure saber o que a Bíblia ensina sobre o dinheiro e bens materiais
Você sabia que a Bíblia tem mais de 3 mil citações sobre o dinheiro e bens materiais? Você sabia que Jesus falou mais em dinheiro e bens materiais do que fé e oração? Então, procure, em família, estudar sobre os ensinamentos bíblicos a respeito desse tema. Leiam juntos, em família, o livro de Provérbios, os Evangelhos e as cartas paulinas que vocês encontrarão ricas lições.

2 – Seja realista sobre sua situação financeira
Encare suas finanças com realidade. Pegue um papel e aliste suas entradas reais e seus compromissos fixos e compromissos assumidos. Veja como está o resultado final. Não adianta ficar se iludindo em relação a isso. Suas entradas financeiras não podem ser menores do que as saídas. Não se assustem com o resultado se esse for negativo. O importante é sua família se conscientizar da realidade. Agora vamos aos passos seguintes.

3 – Faça cortes nas despesas familiares
Não adianta, cortar gastos exige sacrifício e dói ter que fazê-lo. Se no banheiro tem três lâmpadas, afrouxe duas e deixe só uma. Veja o que é básico para a sobrevivência de vocês. Converse, em família, sobre o assunto e conscientizem da necessidade de economizar no telefone, na água, energia elétrica e em outros itens.

4 – Negocie as dívidas
Se tem divida com cartão de crédito, esse deve ser o primeiro a ser quitado, nem que para isso você precise pegar dinheiro emprestado num banco, desde que a taxa de juros seja bem menor, que geralmente é. Elimine as dividas que tenham taxas de juros maiores.

5 – Aumente os ganhos familiar
Tente aumentar os ganhos familiares. Conheço pessoas que mesmo tendo um emprego fixo, conseguiram aumentar as entradas financeiras vendendo roupas, artesanatos, perfumes, etc. Veja quem pode dar sua parcela de contribuição para aumentar a renda familiar.

6 – Estabeleça prazos para sair da crise
Estipule, com os membros da família prazos pessoais e familiares para sair da crise. Faça um acompanhamento mensal das entradas e saídas. Estipule metas a curto, médio e longo prazos. Escrevam num lugar visível de modo que todos possam acompanhar as vitórias.

7 – Poupe 10% das entradas do mês
Depois que sair da crise, tome algumas decisões na vida financeira. Uma delas é poupar 10% do que vocêm recebem por mês. Isso vai ajudar muito vocêm num negócio futuro ou num caso de emergência.

8 – Compre a prestação ou use o cartão de crédito com muito cuidado
Não é pecado comprar a prestação ou usar o cartão de crédito. O problema se torna grave quando o volume de prestações saem do controle, quando ultrapassam o montante de 20% das suas receitas ou quando vocês só paga a cota mínima do seu cartão de crédito. Mas o melhor mesmo é comprar sempre a vista. Comprando a vista vocês sempre consegue um desconto e fica livre de compromissos futuros.

9 – Nunca pegue dinheiro emprestado de agiota
O agiota é muito bonzinho com vocês na hora do aperto. Sabe aqueles papeizinhos de financeiras que distribuem nas ruas? Fique longe deles. São agiotas embustidos de financeiras.

10 – Seja fiel a Deus

Tenha sempre em mente e no coração que todo o seu dinheiro e bens materiais pertencem a Deus. Nada é nosso! Sendo assim, nós somos apenas mordomos daquilo que Ele colocou em nossas mãos. Não deixe de ser fiel na entrega do seu dízimo à sua igreja, além de contribuir com alguma instituição cristã séria. Deus honrará a liberalidade na família.

******
Por: Gilson Bifano

Share Button

Related Posts


Deixe seu Comentário

comentários